Home / Autoconhecimento / Viver no presente é não deixar a mente no passado nem no futuro

Viver no presente é não deixar a mente no passado nem no futuro

um foco de luz no centro revelando uma pequena mesa redonda com uma ampulheta sob ela e mãos de um lado e de outro viver no presente

Será que estamos vivendo o presente quando a mente está no passado ou no futuro?

Claro que estamos no presente. Nosso corpo físico está aqui neste exato momento. Mas para viver de fato no presente, é preciso que nossa mente também esteja conosco.

“Viva no presente, pois é o único momento que você tem.” “A vida só se realiza no aqui e agora.” Certamente você já ouviu isso muitas vezes. Mas você parou para pensar sobre o que realmente isso quer dizer? Muitas vezes acreditamos que estamos no presente mas, na verdade, o pensamento está muito distante.

Às vezes estamos remoendo aquele mal-entendido que aconteceu ontem, que nos deixou muito chateados e não sai da cabeça. Isso adianta alguma coisa? Claro que não, porque o tempo não vai voltar atrás e por isso nada vai mudar.

Isso pode acontecer, por exemplo, por causa de uma diferença de interpretação do que foi falado ou por uma expectativa que alimentamos. Então, vamos tentar ter mais atenção da próxima vez, procurar palavras que deixem nossa mensagem bem clara e evitar manter expectativas sobre como imaginamos ou gostaríamos que uma situação se desenvolvesse.

Por outro lado, outras vezes atravancamos a mente com uma lista interminável de tudo que ainda temos que fazer hoje, amanhã e na semana inteira. Temos ou queremos?

Quando não se trata de algo que tem um prazo ou uma data definida, talvez seja melhor aceitar que não vamos conseguir dar conta de fazer tudo o que gostaríamos e continuar, então, fazendo o melhor que podemos, com a mente tranquila.

Viver no presente é manter a atenção no que estamos fazendo.

Como disse Deepak Chopra, em seu livro ‘Corpo sem idade, mente sem fronteiras’: “Fique atento ao aqui e agora; procure a plenitude de cada momento. Aceite o que chega até você total e completamente de modo que possa apreciar, aprender e deixar passar, seja o que for.

O presente é como deveria ser. Reflete leis infinitas da natureza que trouxeram a você este exato pensamento, esta reação física. Este momento é o que é porque o universo é o que é. Não lute contra o infinito esquema das coisas, em vez disso, una-se a ele.

Aproveite algum tempo para ficar em silêncio, para meditar, acalmar o diálogo interior. Nos momentos de silêncio, perceba que está entrando em contato com sua fonte de pura consciência.”

Só a leitura dessas orientações de Deepak Chopra já nos traz um alívio, uma sensação de calma e relaxamento. Afinal de contas, ele tem razão. Dalai Lama sempre diz, também, que não adianta nos preocuparmos com aquilo que não podemos resolver.

E como uma vez me disse um amigo, “se você está passando manteiga no pão, preste atenção no pão, na manteiga.” Esse é o princípio básico da atenção plena, que impede que a mente fique entulhada com tantos pensamentos que nos confundem e nos distraem do que estamos fazendo.

Descubra seu valor e liberte-se do peso dos julgamentos.

Deepak Chopra continua falando sobre uma necessidade que muitas vezes sentimos: a necessidade de aprovação externa. E ele rebate: “Você é o juiz do seu valor e o seu objetivo é descobrir um valor infinito em si próprio, não importa o que os outros pensem. Esta percepção traz grande liberdade.

Livre-se do fardo do julgamento, você se sentirá muito mais leve. Julgar impõe rótulos de certo ou errado em situações que simplesmente são. Tudo pode ser compreendido e perdoado, mas quando você julga, fecha as portas à compreensão e abandona o processo de aprender a amar.”

Podemos aplicar suas palavras tanto em relação aos outros como em relação a nós mesmos. Não precisaremos julgamos os outros se não tivermos expectativas quanto ao seu comportamento e aceitarmos a liberdade que cada um tem de escolher seu próprio caminho, mesmo que ele não seja o certo, de acordo com o nosso modo de pensar.

Desse modo, também não vamos nos importar com que os outros pensem sobre nós, aceitando a responsabilidade pelas consequências que podem ter as nossas escolhas, sejam boas ou não.

O presente é o tempo em que temos a oportunidade de aprender a viver.

“Não contamine seu corpo com toxinas, seja através de alimentos, bebidas ou emoções venenosas. Seu corpo é mais do que um sistema de suporte à vida. É o veículo que o transportará em sua jornada rumo à evolução. A saúde de cada célula contribui diretamente para seu estado de bem-estar, porque cada célula é um minúsculo ponto de consciência dentro do campo de consciência que é você.”, explica Deepak Chopra.

E ele continua: “Compreenda que o mundo físico é apenas um espelho de uma inteligência mais profunda. A inteligência é o organismo invisível de toda matéria e energia, e, uma vez que uma porção desta inteligência reside em você, você compartilha o poder organizador do cosmos.”

A jornada da evolução, a jornada do autoconhecimento, é o que dá sentido à vida. Quanto mais nos conhecemos e aceitamos nossas limitações, mais descobrimos que o que consideramos falhas são, na verdade potenciais que podemos desenvolver. E isto só pode ser feito quando começamos a viver no presente.

A vida é um eterno aprendizado, que se estende pela eternidade. Se não limitarmos nossa visão, vamos entender como é importante cada pequeno avanço que fazemos, toda emoção que suavizamos, cada aprendizado para o qual nos abrimos.

Assim, não vamos nos preocupar com tudo o que temos que fazer, com tudo o que queremos conseguir realizar, porque sabemos que o tempo nos aguarda pacientemente e nos concede várias existências para que tenhamos a oportunidade de fazer, no presente, o melhor para nós mesmos.

Noemi C. Carvalho

ASSINE GRATUITAMENTE NOSSA NEWSLETTER

leaqui

Política de PrivacidadePolítica de Cookies Política Anti-Spam

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.
Também nas redes sociais: Facebook – Instagram – PinterestTwitterYouTube

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossas publicações

Receba nossas publicações em sua caixa de e-mails

Após se cadastrar você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

 

LêAqui: a mensagem certa na hora certa.

 

Você receberá um e-mail para confirmar sua inscrição.

%d blogueiros gostam disto: